Girls – S01E09&10 “Leave me alone” & “She did”

Decidi juntar a review dos dois últimos episódios de Girls não só porque vi os dois capítulos de enfiada, como penso que apesar de um não ser a sequela do outro, ambos abrem um conjunto de questões que introduzirão a segunda temporada da série. Já aqui o disse algumas vezes, a série não só foi crescendo ao longo da temporada, como é uma das que acompanho com mais carinho.
Se a início não gostava muito do que eu chamava de excessivo protagonismo de Lena Dunham no papel de Hannah, com o tempo fui-me habituando à própria personagem.Podem dizer que The Sex and the City também rolava em torno da personagem de Carrie, mas a Carrie é uma personagem muito mais enjoyable  que Hannah. Carrie tem  um emprego de sonho (é colonista), um guarda-roupa fantástico e obedece à trilogia sagrada de qualquer mulher moderna… fuma os seus Marlboro Light, bebe os afamados Cosmopolitan; e gosta de sexo.

Por sua vez, Hannah não tem um emprego em que se reveja e lhe permita iniciar um processo criativo com a sua própria vida que a permita quebrar com o ciclo destrutivo que a sua insegurança lhe trás. Ao longo da temporada acompanhamos um certo amadurecimento do personagem e daí começarmos a criar um sem fim de teorias psicológicas que nos ajudem a compreendê-la.

Acima de tudo,  nestes dois capítulos percebemos que Hannah está bloqueada no próprio medo e que acredita senti-lo todo o tempo. Esse medo, metáfora da vida… é simplesmente o medo de concretizar algo e falhar, e se isto é evidente aos olhos de todos, para ela não o é e isso trás-lhes imensos conflitos primeiro com Marnie e no season finale com o próprio Adam.

Nestes dois capítulos finais acabamos por assistir à confrontação de todos estes fantasmas e isto não acontece só com Hannah mas com todos os personagens. Por exemplo, Shoshanna decide inscrever-se num site de encontros amorosos e fica entusiasmada com um possível encontro. Contudo, será o amigo que tomou conta dela noutra ocasião que se encanta com a sua personalidade única e especial. No season finale, Shoshanna finalmente perde a sua virgindade.

Já Marnie demonstra ainda algumas dificuldades em adaptar-se à sua nova realidade de solteira, especialmente porque se sente carente e vê em Hannah alguém emocionalmente indisponível para ajudá-la. Sentindo-se encurralada confronta Hannah com o facto de ser ela a pagar as suas despesas nos últimos tempos e com o «egoísmo» desta. Foi uma discussão muito forte entre ambas e que acaba com Marnie a mudar-se para o apartamento de Soshanna e Jessa. Posteriormente na festa de Jessa, Marnie reencontra Charlie, que parece sentir a sua falta. Contudo, nega-se a envolver-se com ele ao passo que acaba a beijar um desconhecido.

Por sua vez, uma das maiores surpresa destes dois capítulos finais da temporada foi Jessa… o outro, mais à frente, defenderei que foi Adam. Depois de receber a visita da sua ex-patroa que lhe pede para regressar, Jessa sente-se confrontada com a sua falta de plano para o futuro e como o modo como encara a vida e as relações não passem de desculpas para ela não se ter que empenhar em algo e com isso falhar. No season finale, contudo, surpreende todos ao casar-se de rompante com o empresário que conheceu há duas semanas quando saiu com Marnie. Numa cerimonia meia hyppie, bem ao seu estilo, surpreende todos os seus amigos. Apesar da surpresa, mais tarde em conversa com Hannah esta mostra-se bastante segura da sua decisão e dos sentimentos que sente pelo noivo. WTF?!

Por fim e voltando a Hannah que do nada rompe com Marnie, vê-se confrontada com o sucesso de uma ex-colega e ainda a trabalhar num bar para poder pagar as contas… tem ainda que enfrentar um dilema em relação ao futuro do seu relacionamento com Adam. Apesar de sempre ter procurado dar o passo seguinte na sua relação com Adam, desta feita é Hannah que se mostra pouco disponível para assumir o futuro da relação. Adam, por sua vez, diz-lhe que quando se empenha em algo ele põe todas as cartas em cima da mesa, ao ponto de sugerir que possam viver juntos. Ao ver o espanto de Hannah e a indecisão desta face a tudo isto, ele decide terminar tudo com Hannah, que por sua vez tenta argumentar que ele não a compreende as suas inseguranças. Tal como com Marnie este argumento ainda levanta mais a sua ira….

Na parte final do capítulo, Hannah (assim como, de certo modo, todos os outros personagens) vê-se confrontada com todos os seus medos, sendo que a Hannah que surgirá na segunda temporada é uma incógnita, ainda que acredite que ela continuará a mostrar-se mais forte do que ela própria imagina!

(clique nas imagens para ampliar)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s