NYC 22- S01E05 “Self Cleaning Oven”

Devo confessar que este foi o primeiro episódio de NYC 22 que assisti e que não me recordei que esta coisa de uma série sobre polícias novatos é batida e que se encontra mais bem conseguida em Rookie Blue. De facto, estes novatos da CBS são bem espertos e em menos de um piscar de olhos aprenderam bem a lição… até já sabem alguns truques para ler os criminosos mais ardilosos. Uma coisa é verdade, e isto independentemente da série que estejamos a assistir, estes polícias são todos muito bons a ler as situações e as pessoas que encontram…

Este episódio de NYC 22 deu continuidade àquilo que se tinha iniciado no capítulo anterior… a série começa a assumir uma identidade própria, não tanto pelo lado da ligação emocional com os personagens, mas pelo encadeamento das diferentes frentes de acção ao longo do episódio. A curiosidade natural do espectador ajuda a compor o interesse ao longo do capitulo!

Contrariamente ao que acontece em Rookie Blue em que o episódio padrão corresponde a uma formula em que cada par de polícias começa a trabalhar nos seus casos individuais e, não raras vezes, estes acabam por se ir interligando ao longo da história… com NYC 22, assistimos à troca de duo constante e, regra geral, cada par enfrenta um desafio diferente e do qual, no final, tiram as suas ilações entre si.

No que concerne ao capitulo propriamente dito, Fred Wheeler (um antigo gang leader) saiu recentemente da cadeia provocando reacções muito fortes entre alguns membros da esquadra. Acontece que Wheeler era especialmente letal com os seus inimigos e Yoda esteve envolvido no episódio que levou à sua detenção… ele foi o agente que encontrou um saco de droga no seu apartamento. Fred acredita que Yoda e a sua antiga namorada conspiraram contra ele e puseram lá a droga… por isso mesmo, todos temem que agora ele pretenda vingar-se. O reviver de toda esta história deixa Yoda particularmente consternado, mas não é o único dado que, o tio de Jackpot foi assassinado à porta da casa deste, amando de Fred, quando ele tinha apenas 4 anos de idade. No final do capitulo, Fred rapta a sua antiga namorada e a equipa une-se para regatar esta e Yoda, que estava disposto a dar a sua vida para salvá-la. Pelo meio admite que ele sozinho esteve evolvido a plantação das drogas… ainda assim, essa dúvida é, posteriormente, deixada no ar pelo próprio Yoda… especialmente depois de Fred ter sido abatido pela equipa de intervenção.

Já McLaren e Sanchez trabalho em conjunto numa rusga a um bordel, onde no meio dos clientes habituais encontram um homem drogado, que conta uma história mirabolante de ter sido raptado por um par de homens estrangeiros. A principio ninguém acredita nele, mas há medida que um ou outro fato vai coincidindo com a história McLaren e Sanchez começam a trabalhar juntos para descobrir a verdade… no final, descobrem uma pequena rede organizada de croatas que rapta homens e mantem-nos em cativeiro enquanto lhes roubam todo o dinheiro. Por fim, drogam as vítimas para que elas não se lembrem de nada e deixam-nos no bordel… para que a vergonha faça-os não apresentar queixa.

Já Kahn e White House encontram um pequeno vigarista conhecido no bairro chamado Harvey Williams, que no meio de um estranho esquema de papel higiénico descobre que ganhou $10,000 na lotaria. Ironicamente, Harvey acaba por ser ele próprio enganado por um agiota do bairro que lhe adianta o dinheiro da lotaria e depois trata que ele seja assaltado pelo caminho. No final, nenhum dos vigaristas ganha nada com os seus esquemas, já que o bilhete de lotaria acaba queimado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s